Home / notícias / “Não Deixem os Municípios Afundarem”: Prefeito de Pratânia participa nesta tarde (22) de evento em Brasília

“Não Deixem os Municípios Afundarem”: Prefeito de Pratânia participa nesta tarde (22) de evento em Brasília

Nesta quarta-feira (22) gestores municipais se encontram em Brasília para uma mobilização no Congresso Nacional e no Palácio do Planalto para pressionar por medidas que tragam alívio à crise no país, que tem em muitos municípios inviabilizado a gestão. Cerca de 2 mil prefeitos participam da mobilização.

22/11/2017- Brasília- Prefeitos fazem passeata na Esplanada dos Ministérios após encontros com parlamentares em busca de apoio federal para as dificuldades financeiras enfrentadas pelos municípios  Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Brasília- Prefeitos fazem passeata na Esplanada dos Ministérios após encontros com parlamentares em busca de apoio federal para as dificuldades financeiras enfrentadas pelos municípios
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Michel Temer (PMDB) deve receber as lideranças municipais às 19h de hoje (22). O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, e os demais presidentes das entidades estaduais e regionais municipalistas devem apresentar, pessoalmente, a pauta prioritária ao chefe do Executivo Federal.

O principal pleito da campanha Não Deixem os Municípios Afundarem com o governo é a liberação de novo Apoio Financeiro aos Municípios (AFM), no valor de R$ 4 bilhões. No entanto, as demais reivindicações, apresentadas ao Congresso Nacional e ao Poder Judiciário, devem ser reforçadas para que Temer ajude a garantir novas conquistas.

Os participantes do dia “D” da campanha promoveram passeata na Praça dos Três Poderes e protestaram no gramado do Congresso Nacional. Após intensa agenda com os parlamentares integrantes das bancadas estaduais, os municipalistas se reunirão na frente do Congresso.

“É muito importante a nossa participação nessa mobilização, afinal os municípios são os que mais estão sentindo os efeitos da crise, com atrasos e até mesmo corte nos repasses, o que não é justo afinal estamos na linha de frente no atendimento à população. Sabemos que não será fácil, porém temos que tentar”, afirma o prefeito de Pratânia Davi Pires Batista.

 (Com informações Confederação Nacional dos Municípios)

Sobre Bruna Zechel

Jornalista formada pela Universidade Sagrado Coração de Bauru. Especialista em Gestão de Mídias Digitais pela Universidade Metodista de São Paulo. Atuou em redação de jornal impresso como repórter, editora, revisora de texto e editora executiva.

Comentar

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Ir para o topo